Português em destaque no “The Times” da Inglaterra

Trabalho de staff de Emerson Royal é destaque no The Times da Inglaterra e tem português envolvido

0
99
Fabiano de Abreu
- Publicidade -

jornal britânico The Times deu destaque ao trabalho do neurocientista português Fabiano de Abreu Agrela que atualmente reside na Vila de Castelo de Paiva, em Portugal.

A tentativa de assalto contra o jogador Emerson Royal, brasileiro que atua no Tottenham foi tema internacional. O crime ocorreu na última sexta-feira, em Americana, São Paulo, onde o lateral passa férias e abalou as notícias da semana, principalmente porque se procurou saber como o jogador teve um areação tão positiva e estruturada.

No texto do The Times, Abreu, que também é PhD e mestre em psicanálise, foi ouvido não apenas como especialista em neurociência, mas também como membro do staff do atleta.

“Um acontecimento de alto impacto, que nos coloca em risco real de morte, molda o cérebro de maneira determinante para se buscar mais conquistas. A busca da conquista se dá desde a expectativa. Os treinos são as expectativas e quando em campo se concretizam, o cérebro entende toda essa satisfação para que possa buscar mais conquistas”, descreve Abreu.

Em situações como a vivida pelo atleta, o PhD acredita que seja importante a realização de uma avaliação mental, além de seguir conselhos de outros especialistas. O neurocientista recomendou o retorno imediato de Emerson Royal a Inglaterra, para antecipar a concentração.

“Também avaliei que ele está super bem mentalmente e que o ocorrido pode ser bom para ele. Quando beiramos a morte, valorizamos a vida e podemos dar mais ainda de nós mesmos. Nosso organismo, de forma semântica, trabalha a satisfação para que possamos através da conquista, ter mais e mais satisfações”, afirma.

Preparação multidisciplinar

Para Abreu, um acompanhamento multidisciplinar é fundamental para dar resposta positiva a um evento como este. Num atleta não é apenas o treino físico que tem vantagens. Um bom físico sem uma capacidade mental que o acompanhe terá falhas que prejudicarão a sua carreira.

“A preparação mental e psicológica dos atletas vem progressivamente ganhando destaque e importância tanto no processo de treino como no exterior. Estas preparações são devidamente estruturadas em função das capacidades psicológicas do atleta, porque não devemos esquecer de que uma carreira sólida, com resultados e sucesso exige bem mais do que talento e preparo físico”, continua Abreu.

O staff do lateral ainda é composto pelo empresário, o nutrólogo Dr.Rafael Fonseca, os preparadores físicos Lucas Leiva e Jefferson Casiano e o especialista em performance Lincoln Nunes. Além destes profissionais, o jogador conta com cozinheira própria, que ele carinhosamente chama de ‘Dona Eliane’. O empresário do atleta, Emerson Zulu, revelou que na Europa outros jogadores contam com equipas semelhantes, mas que Royal é um dos poucos brasileiros com esse hábito.

O crime

Na última semana, o lateral-direito do Tottenham, da Inglaterra, falou em várias entrevistas como tudo aconteceu e o quão perto da morte ele se sentiu. Emerson Royal sofreu uma tentativa de assalto ao sair de uma casa noturna de Americana, na madrugada da última sexta-feira. Segundo a imprensa brasileira e internacional, um suspeito ficou ferido durante uma troca de tiros. O atleta não foi atingido.

Sobre o Dr. Fabiano de Abreu Agrela Fabiano de Abreu Agrela é PhD, neurocientista, mestre em psicanálise, biólogo, historiador e antropólogo, além de possuir outras formações. Além disso, é membro da Society for Neuroscience nos EUA e da Redilat, rede de cientistas latino-americanos, também é professor e cientista na Universidad Santander e Chefe do Departamento de Ciências e Tecnologia da Logos University International. ■

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui