Quinta de Santoinho pede que trabalho na Casa do Minho do Rio de Janeiro “não termine”

Valdemar Cunha defende manutenção do legado de Agostinho dos Santos no Brasil

2
1159
Valdemar Cunha
- Publicidade -

- Publicidade -

2 COMENTÁRIOS

  1. As tradições portuguêsas da Casa do Minho “Não pode parar” estamos as portas do centenário e em memória ao presidente Agostinho dos Santos e mais representantes que já não estão entre nós Vale a luta.Vida que segue .

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui