Portugal tem 316 mil desempregados inscritos no IEFP

Mercado de Emprego alvo de levantamento

0
40
Números mostram evolução em Portugal
- Publicidade -

Segundo informações do governo de Portugal, o Mercado de Emprego no país conta hoje com 4.929.000 de trabalhadores no ativo e 316 mil desempregados inscritos no Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), sendo este o “valor mais baixo dos últimos 20 anos”.

Ainda de acordo com estes dados, avançados no dia 4 de janeiro de 2023, o governo central português esclarece que há um milhão de estrangeiros residentes em Portugal, sendo 30% de nacionalidade brasileira.

A taxa de desemprego é 5,7%, ao que se verifica que 51% dos desempregados estão nessa condição há cerca de 12 meses, “fator que se tem vindo a agravar”. A taxa de desemprego jovem, indivíduos com menos de 25 anos de idade, é de 19,3%. Enquanto que a taxa de desemprego na União Europeia é de 6,8%, onde existem cerca de 12 milhões de desempregados.

Segundo apurámos, a taxa de desemprego jovem na União Europeia é de 13,6%. Ao todo, 261.800 jovens, entre os 16 e os 34 anos de idade, não estudam nem trabalham.

O salário mínimo nacional em Portugal é hoje de 760 euros brutos, valor que abrange 880 mil trabalhadores. O poder de compra desse público “subiu” 32,6% desde 2015.

A idade legal das reformas é de 66 anos e seis meses. Existem ainda em solo português 731 mil funcionários públicos. 17,4% da população lusa detém um curso superior: há dez anos eram 11,8% e, há 20 anos eram 7,2%. Outro dado importante aponta que 31% da população portuguesa ativa tem curso superior e 60%, o Ensino Secundário completo.

As mulheres são 52,4% da população ativa portuguesa. Dessas, 58% são diplomadas do Ensino Superior.

O Produto Interno Bruto (PIB) per capita de Portugal é de 74% da média da União Europeia.

Estão sedeadas no país 2.500 startups, sendo Portugal uma “referência” para os chamados Nómadas Digitais. ■

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui