Embaixador Brasileiro, Lauro Moreira lançou livro ‘’Nos 25 Anos da CPLP’’

A obra homenageia o passado e o futuro da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP)

0
62
Embaixador Brasileiro, Lauro Moreira
- Publicidade -

No dia 19 de outubro, o Rio de Janeiro esteve de braços abertos para o lançamento do livro “Nos 25 anos da CPLP – estudos em homenagem a José Aparecido de Oliveira e Ricardo Arnaldo Malheiros Fiúza”.

A obra é organizada por Lauro Moreira, presidente do Observatório Português, e por Rogério Farias Tavares, presidente da Academia Mineira de Letras. O evento ocorreu de 18h às 22h, no espaço da livraria Argumento localizada no Leblon, Rio de Janeiro.

A obra homenageia o passado e o futuro da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) e traz textos de autores países-membros, como o português Francisco Ribeiro Telles, a são-tomense Maria do Carmo Trovoada Silveira, a timorense Maria Ângela Carrascalão e a cabo-verdiana Vera Duarte.

“Publicamos a obra para celebrar os 25 anos de fundação e atuação da CPLP, que tem a língua portuguesa como base nos três objetivos constitucionais básicos na concertação Político-diplomática entre os países-membros, a cooperação em todos os níveis educacional, cultural e outros, a defesa e promoção da língua portuguesa,’’ ressaltou o embaixador Lauro.

Sobre os Autores

Lauro Barbosa da Silva Moreira é Bacharel em Direito pela PUC/Rio. Diplomata de Carreira. Serviu em Buenos Aires, Genebra, Washington, Barcelona, Rabat e em Lisboa, como primeiro Embaixador do Brasil junto à CPLP. Ocupou postos de Chefia no Itamaraty, nos Ministérios da Indústria e Comércio, Fazenda, Ciência e Tecnologia. Presidente da Comissão Nacional para as Comemorações do V Centenário do Descobrimento do Brasil. Eleito Personalidade Lusófona de 2009, pelo Movimento Internacional Lusófono. Agraciado pela CPLP com o Prêmio José Aparecido de Oliveira, 2016. Autor de Quincasblog: Meus Encontros, livro de crônicas memorialísticas. Presidente do Observatório da Língua Portuguesa, com sede em Lisboa.

Rogério Faria Tavares é graduado em Direito pela UFMG, onde também concluiu o mestrado em Direito Internacional. Na Universidade Autônoma de Madri, obteve o Diploma de Estudos Avançados em Direito Internacional e Relações Internacionais. É Doutor em Literatura pela PUC Minas. Foi Supervisor de Relações Públicas da Fiat Chrysler para a América Latina e presidente do BDMG Cultural. Atualmente, preside a Academia Mineira de Letras, onde ocupa a cadeira de número oito. É membro do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e do Instituto dos Advogados Brasileiros. Entre seus livros está “Entre el derecho y el poder: el Consejo de Seguridad y la Corte Penal Internacional em la situación del Sudán”. ■

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui