Uruguai: Professor na Universidade do Minho, Ricardo Barceló “lidera” Festival Internacional de Guitarra em Maldonado

Ricardo Barceló é o Diretor Artístico e Pedagógico do evento

0
58
Ricardo Barceló
- Publicidade -

Uruguai: Professor na Universidade do Minho, Ricardo Barceló “lidera” Festival Internacional de Guitarra em Maldonado

De 16 a 19 de novembro, terá lugar a nona edição do Festival Internacional de Guitarra de Maldonado, no Uruguai. Este ano, o festival vai decorrer em diferentes locais de Maldonado, como em San Carlos, Punta del Este, Piriápolis e, mesmo, em Maldonado. Haverá vários concertos, masterclasses, uma palestra/lançamento de livro e a apresentação de um documentário.

Este evento, que é organizado pela Direção-Geral de Cultura do Município de Maldonado e pelo Diretor Artístico e Pedagógico, Ricardo Barceló, irá contar com entrada gratuita em todas as atividades.

O Festival Internacional de Guitarra de Maldonado nasceu em Maldonado, Uruguai, em 2011, fruto de uma iniciativa conjunta do guitarrista Ricardo Barceló e da Direção-Geral de Cultura do Maldonado, com o objetivo de “promover o interesse pela guitarra clássica, um instrumento de raízes profundas nacionais e regionais, bem como o gozo da música em geral”.

Desde a sua criação, grandes guitarristas reconhecidos internacionalmente passaram pelo Festival, como Álvaro Pierri, Eduardo Fernández, Jorge Cardoso, Juan Carlos Laguna, José Miguel Moreno, Juan Falú, Oscar Herrero, Daniel Wolff e Laura Young, entre outros músicos com vasta experiência.

Segundo apurámos, ao longo das últimas oito edições “têm havido várias atividades que enriqueceram significativamente a vida cultural da região, como master classes, conferências, exposições, cursos na construção de antigos instrumentos de cordas depenados – cuja realização abriu a porta ao estudo e ao desenvolvimento próspero da profissão lúdica no Departamento de Maldonado -, e o Concurso Internacional de Guitarra “Ciudad de Punta del Este””.

Vasto programa

O nono Festival Internacional de Guitarra de Maldonado, que celebra atualmente os seus 11 anos de existência, contará com os intérpretes David Chapman (Equador/EUA), Sergio Fernández Cabrera (Uruguai), Rui Fernandes (Portugal) e Gaëlle Solal (França). Este ano o Festival recebe também o apoio do Instituto Camões, da Embaixada de Portugal no Uruguai, da Savarez, da Wallonie-Bruxelles International e da California State University Stanislaus.

Conheça mais sobre a programação neste link: https://www.festivalinternacionaldeguitarrademaldonado.com/2022

Ricardo Barceló e o amor pela música

Ricardo Barceló é guitarrista e compositor. Nasceu no Uruguai, mas tem também nacionalidade espanhola. Viveu por muitos anos em Madrid, mas, vive, há 25 anos, em Braga, Portugal.

É formado no Conservatório Real de Música de Madrid, mestre em Interpretação pela Escola Superior de Música e Dança de Roterdão, doutorado em Música pela Universidade de Aveiro. Ganhou os prémios “Alirio Díaz” (Sevilha, 1987) e “Abel Carlevaro” (Madrid, 1990). Foi laureado no Concurso de Composição Clássica de Guitarra Hispano-Luso “Ciudad de Badajoz”, em 2006.

É autor dos livros “La Digitación Guitarrística”; “20 Piezas Fáciles para dos y tres guitarras”; “Adestramento técnico para guitarristas” e “O Sistema Posicional na Guitarra”, e também de obras para guitarra e música de câmara, além de revisões e digitações de vários compositores. As suas obras têm sido editadas pela Real Musical, Lemoine, Carisch, Diputación de Badajoz; AvA; Labirinto, NEA e Editorial Diego Marín. É coautor da primeira tradução para castelhano, publicada em Portugal, do “Método para Guitarra” de Fernando Sor, e do livro “Canto para tocar. Toco para Cantar”. A maior parte dos seus artigos aparecem em revistas internacionais especializadas em música, tais como Il Fronimo, Roseta, Revista Portuguesa de Educação Artística, Sexto Orden, Soundboard e Revista Musical Chilena.

Gravou os CD “Aromas de Sefarad”, com o “Trío Sefarad; “Por las calles de Maldonado”, com composições próprias para guitarra solista e duos com guitarra; “Máscaras”, e “Música latinoamericana del siglo XX para guitarra”, com o patrocínio do FONAM. Além de manter atividade internacional como intérprete de guitarra clássica e docente em masterclasses, é convidado frequentemente para integrar júris e participar em conferências sobre temas ligados à história da interpretação guitarrística.

É Diretor Artístico do Festival Internacional de Guitarra de Maldonado – Uruguai, e organizador dos Encontros Internacionais de Música em Tibães – Braga. Professor na Licenciatura em Música – Guitarra clássica e Música de Câmara – do Departamento de Música da Universidade do Minho, em Braga – Portugal, e no Mestrado em Ensino de Música da mesma universidade. É Formador acreditado pelo Conselho Científico-Pedagógico de Formação Contínua e investigador no Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho (CEHUM). ■

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui