Unidade de Fibromialgia da Covilhã chega a 200 atendimentos

Especialista espanhol lidera serviços no Centro de Portugal

0
996
Nelson Silva, presidente da Direção da Mutualista Covilhanense; Maria José Gameiro, paciente “nº 200” da Unidade de Fibromialgia; e Prof. Dr. José Luis Arranz Gil, responsável pela Unidade de Fibromialgia
- Publicidade -

A Unidade de Fibromialgia, Síndrome de Sensibilidade Central e Dor Crónica da Associação de Socorros Mútuos Mutualista Covilhanense, localizada na cidade da Covilhã, região centro de Portugal, atingiu a marca de duzentos pacientes atendidos, desde novembro de 2021, data em que iniciou o seu funcionamento.

Este serviço, pioneiro em Portugal, é liderado pelo Professor Dr. José Luis Arranz Gil, médico espanhol (basco), doutorado em medicina pela Universidade de Alcalá de Henares (UHA-Madrid) e que trabalha como médico, na Covilhã, há vários anos, acumulando com as funções de professor na Universidade da Beira interior (UBI), situada nessa mesma cidade.

De acordo com as informações emanadas da Mutualista Covilhanense, já foram realizadas, pelo Prof. Dr. José Luis Arranz Gil, na referida Unidade, 1500 consultas ao longo deste primeiro ano e meio da sua atividade, com mais de 80% de casos de êxito total, no tratamento da doença.

Chama-se Maria José Gameiro a paciente “nº 200” da Unidade de Fibromialgia, Síndrome de Sensibilidade Central e Dor Crónica. Segundo declarações, Maria José Gameiro teve de esperar um ano por uma consulta. Esta situação deve-se ao facto de se registar um número muito elevado de pacientes que aguardam em lista de espera.

Professor Dr. José Luis Arranz Gil, especialista em fibromialgia

O presidente desta unidade, Prof. Dr. Arranz Gil salientou, ainda, que “é importante estarmos atentos à saúde da nossa comunidade, sobretudo quando temos que enfrentar enfermidades como a fibromialgia, que impacta a qualidade de vida de milhares de pessoas. Só em Portugal há uma taxa de prevalência de 3,7% desta doença, que tanto sofrimento causa às pessoas. Por isso, o nosso tratamento tem como foco tratar, não só curando os efeitos sintomáticos da fibromialgia, mas também ajudando a que os nossos pacientes tenham uma vida melhor, sem dores, sem cansaço, sem perda de memória e com uma atitude mais alegre e otimista perante a vida”.

Ainda de acordo com informações da Mutualista Covilhanense, esta unidade, que é pioneira em Portugal por ser a única do país dedicada em exclusividade ao tratamento da doença, tem recebido doentes dos “quatro cantos de Portugal”. ■

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui