Tendência e revolução: saiba como empresa brasileira transformou áreas comuns em ambientes únicos

Dois jovens empresários brasileiros têm revolucionado casas e condomínios se utilizando de novas tendências de decoração, apostando na utilização total dos espaços abertos

0
67
Mateus Ferrareto e Rubens Stuque Foto: Bruno van Enk
- Publicidade -

Um novo jeito de se utilizar o jardim. É o que prega a Eco Flame Garden,  empresa brasileira que em pouco mais de um ano e meio de existência, tornou-se referência no mercado e vem ditando novas tendências em termos de utilização de jardins, ambientes externos e espaços ao ar livre. Dona de uma linha de móveis diretamente voltados para ambientes externos, e que combinam resistência e sofisticação, a marca busca oferecer a seus clientes e parceiros uma nova perspectiva de experiência outdoor, integrando o ambiente externo ao restante da casa, de modo que o mesmo possa ser um refúgio tão aconchegante e confortável quanto o interior do lar.

Com apenas pouco mais de um ano de atividade, a empresa projeta um faturamento de
aproximadamente R$ 28 milhões desde sua criação. Sediada no interior paulista, a Eco Flame Garden surge no mercado em meados de 2020, representando a inovação e a modernidade no, até então, monótono segmento de móveis externos e decoração ao ar livre. Superando concorrentes consolidadas no mercado, a marca foi criada a partir da percepção de dois jovens empreendedores que, ao notarem uma demanda existente no mercado, enxergaram uma oportunidade de negócio extremamente promissora. Rubens Stuque, de 27 anos, e Mateus Ferrareto, de 25, já trabalhavam juntos, porém, em seus respectivos negócios, até que decidiram juntar forças em algo totalmente novo e diferenciado.Com um pensamento moderno e alinhado às novas tendências de mercado, a dupla de empreendedores buscou referência naquilo que há de mais avançado em termos de gestão e modelo de negócio existentes atualmente, tendo o próprio escritório do Google como uma de suas principais referências. O resultado disso foi a construção de algo inovador e que em nada perde para modelos de negócio encontrados apenas em capitais e grandes pólos de desenvolvimento.

Presente em alguns dos maiores e mais bem avaliados condomínios do país, a empresa vem inovando nas formas de decorar as áreas comuns desses respectivos lugares, oferecendo conforto, qualidade e bom gosto, além de promover uma maior interação entre as pessoas, tornando a experiência mais agradável e completa.

Alguns exemplos são os condomínios Fazenda Boa Vista em Porto Feliz e o Fazenda da Grama em Itupeva, ambos no estado de São Paulo, que valorizaram mais as belezas e os benefícios de momentos ao ar livre em suas áreas comuns com a Eco Flame Garden. E por falar em momentos, esse talvez seja um dos trunfos mais significativos da empresa, a expertise na criação de momentos. Um dos pilares na cultura da Eco Flame Garden é justamente poder participar da criação de momentos únicos, fazendo de jardins e ambientes externos palcos ideais para isso.

Mas a inovação no que se refere a uma forma diferente de se aproveitar o jardim, não passa apenas pela decoração do mesmo e dos móveis utilizados para tal, mas sim, da funcionalidade de ambas as coisas e na transformação disso em algo novo e que possa, de fato, agregar para uma experiência externa mais rica e memorável. Pensando nisso, a Eco Flame Garden vem trabalhando e aprimorando cada vez mais o conceito de cinema outdoor, que consiste na transformação do jardim ou ambiente externo, em um verdadeiro cinema ao ar livre.

Para se ter uma ideia, tal conceito já vem sendo tão disseminado, e tem gerado feedbacks tão positivos, que um dos espaços marcou sua estreia no CASACOR PARANÁ, consistiu justamente em um cinema outdoor, tornando-se um verdadeiro sucesso de público e fazendo com que o espaço fosse um dos que melhor prenderam a atenção das pessoas em toda a mostra. Apostar no eco é uma das características mais marcantes da Eco Flame Garden, afinal, levar o Eco em seu nome é uma questão de honra, e é por isso também, que a empresa faz questão de promover o contato com a natureza, de modo que as pessoas por ela atendidas, possam verdadeiramente enxergar além, adquirindo gosto por seus respectivos ambientes externos, encarando-os como extensões legítimas do lar e pensando em novas formas de utilizá-los de maneira mais proveitosa e confortável. ■

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui