Sofia Lourenço levou “Mais Lusofonia” a Florianópolis, no Brasil

Associação integrou a comitiva portuguesa, liderada pela Câmara de Comércio da Região das Beiras, e representou a Associação Cultural e Desportiva da Carapalha

0
1313
Sofia Lourenço, presidente da Associação “Mais Lusofonia”
- Publicidade -

Sofia Lourenço, presidente da Associação “Mais Lusofonia”, entidade com sede em Castelo Branco, Portugal, e que auxilia na conexão social e cultural entre Portugal, África e Brasil, participou na segunda edição da Feira Internacional de Negócios (FIN Brasil) 2023, que decorreu entre os dias 28 e 29 de março na cidade de Florianópolis, no Sul do Brasil.

Esta Associação integrou a comitiva portuguesa, liderada pela Câmara de Comércio da Região das Beiras, que promoveu a imagem de Portugal, sobretudo do Interior do país, e perspetivou oportunidade de negócios e ações entre a América do Sul, Europa e África.

Durante o evento, que é considerada a maior feira multissetorial da América Latina, foram realizadas quatro mil conexões entre entidades, autoridades e empresas. Quarenta e cinco países estavam representados nessa segunda edição, que contou com mais de três mil visitantes. Dezassete estados brasileiros estiveram presentes na FIN, que teve mais de 200 stands com empreendedores de pequeno, médio e grande porte, além de contar com a presença de políticos e autoridades, como o governador de Sergipe, Fábio Mitidieri, e o Senador Laercio Oliveira, representante do mesmo estado, que estiveram na abertura do evento que também foi prestigiada pelo prefeito de Florianópolis, Topázio Neto, e pela vice-governadora de Santa Catarina, Marilisa Boehm. A diplomacia e o governo de Portugal estavam representados por Luís Faro Ramos, embaixador de Portugal no Brasil, e pelo Secretário de Estado da Internacionalização de Portugal, Bernardo Ivo Cruz. Outros dez embaixadores de diversos países circularam pela feira.

Leopoldo Martins Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, e Sofia Lourenço, durante visita à Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina

Uma grande comitiva portuguesa destacou a participação internacional no certame. Cerca de 30 autarcas portugueses estiveram na FIN. No Palco 360, houve apresentações da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, município de Castelo Branco e António Carlos Albuquerque, da Câmara Municipal de Coimbra.

Sofia Lourenço fez uma apresentação em nome da Associação “Mais Lusofonia” nesse mesmo palco a sublinhar os esforços da entidade que preside e dos seus membros em promover ações sociais além-fronteiras. No âmbito da sua fala, Sofia Lourenço revelou que em outubro deste ano um grupo formado por membros da Associação e da sua companhia de dança irá até Cabo Verde para ações sociais junto de programas específicos, como as Aldeias SOS e a Fazenda Esperança.

“O nosso trabalho é dignificar a vida das pessoas e aproximar os países lusófonos. Atuamos há muitos anos nesta vertente e queremos chegar cada vez mais longe. Agradeço ao grupo que me auxilia, que acredita no nosso trabalho. A nossa Associação está onde os lusófonos precisam de nós”, afirmou Sofia Lourenço.

Sofia Lourenço e Patrícia Coelho, vereadora na Câmara Municipal de Castelo Branco, após visitação ao centro histórico de Florianópolis

Ainda em Florianópolis, a Associação manteve conversações com entidades do Brasil e de Portugal para ações conjuntas. Estreitaram-se os laços como a Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil, com a Câmara de Comércio da Região das Beiras, com a Câmara de Comércio, de Indústria e de Serviços Suíça-Portugal e com autoridades portuguesas e brasileiras.

“O objetivo é alargarmos a lista de parceiros e estabelecer conexões. Temos uma ação importante em fase de realização em Cabo Verde com os estudantes daquele país que escolhem Portugal para completar os seus estudos. Ainda temos muita estrada pela frente”, finalizou Sofia Lourenço, que participou no certame também em representação da Associação Cultural e Desportiva da Carapalha, com sede em Castelo Branco, e que é parceria da “Mais Lusofonia”.

A FIN Brasil 2023 foi organizada pela Câmara de Comércio Brasil-Portugal de Santa Catarina, em parceria com a Câmara de Comércio da Região das Beiras. ■

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui