Prefeito de São Paulo assumiu copresidência da UCCI

Assembleia ocorre a cada dois anos

0
136
Prefeito Ricardo Nunes assume copresidência da União das Cidades Capitais Ibero-Americanas (UCCI) durante a XX Assembleia Geral da rede
- Publicidade -

A Prefeitura de São Paulo, Brasil, sediou, no último dia 21 de novembro, a Assembleia Geral da União das Cidades Capitais Ibero-Americanas (UCCI), numa iniciativa que contou com a presença de representantes de alto nível de 18 cidades de 15 países. Durante a reunião, o Prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, assumiu a copresidência da rede, exercida ao lado de Madrid, onde a UCCI está estabelecida desde a sua fundação, no início da década de 1980. O encontro, cujo tema central foi “Ibero-América: uma região diversa para um futuro de prosperidade compartilhada”, teve a presença de entidades internacionais.

Durante a assembleia, a UCCI definiu questões estratégicas e novos titulares do corpo diretivo para o período de 2024 a 2025. Existe agora, segundo os organizadores, “um espaço de diálogo para que os representantes de alto nível dos governos locais da América Latina e Península Ibérica debatam os desafios, necessidades e objetivos comuns das suas gestões no contexto global”. Fundada em 1982, a UCCI é composta por 29 cidades. Mesmo não sendo a capital de jure do Brasil, São Paulo é membro desde 1989, dada a sua relevância nacional e internacional.

“A troca de experiências e atuação conjunta é extremamente importante na construção de políticas públicas efetivas para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas”, disse a secretária de Relações Internacionais da cidade de São Paulo, Marta Suplicy.

A assembleia da UCCI integrou a programação do São Paulo International Summit 2023 (SPIS). Nessa ocasião, o prefeito Ricardo Nunes assumiu a presidência da rede Mercocidades, que une municípios de países do Mercosul, além da copresidência de UCCI.

Autoridades internacionais em São Paulo

“São Paulo tem se projetado nos últimos anos como capital da diplomacia de cidades, somando mais de 15 grandes eventos até o fim de 2024”, afirmou Marta Suplicy.

Em agosto, São Paulo foi um dos principais articuladores da reativação do Fórum Nacional de Gestores Municipais de Relações Internacionais (Fonari).

Com forte atuação na temática do Meio Ambiente e desenvolvimento sustentável, a UCCI reconhece periodicamente a “Capital Verde Ibero-Americana”. A cidade de São Paulo recebeu o título para o período de 2021 e 2022, concedido em reconhecimento aos “avanços rumo ao fortalecimento e a consolidação das áreas verdes e da biodiversidade urbana do município”. No mês passado, Marta Suplicy esteve em Montevidéu para repassar o título à capital uruguaia.

Hoje, a UCCI é parceira da Prefeitura de São Paulo no mapeamento, localização e implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) na capital paulista. Um exemplo é o Plano de Ação para Implementação da Agenda 2030, compromisso com o desenvolvimento sustentável reconhecido pelos 193 países membros da Organização das Nações Unidas (ONU), incluindo o Brasil, tema que já foi tratado pela nossa reportagem.

Com 655 ações propostas pela sociedade civil e poder público, o Plano de Ação da Agenda 2030 da Cidade de São Paulo, nos quatro anos da atual gestão, apresenta, concretamente, por meio de programas e recursos, investimentos da ordem de 13 mil milhões de reais, cerca de 2.6 milhões de euros, para o alcance dos ODS. ■

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui