Paulo Cafôfo quer aproximar a diáspora portuguesa do interior de Portugal

“dinamização do relacionamento com o poder local, as empresas e a sociedade civil”

0
186
Paulo Cafôfo em reunião em Mangualde
- Publicidade -

O Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, Paulo Cafôfo, iniciou, no dia 15, em Mangualde, a primeira etapa da Missão “Ligar Portugal à Diáspora”, uma iniciativa de “valorização e aproximação da diáspora ao país, assente na dinamização do relacionamento com o poder local, as empresas e a sociedade civil”.

Com o objetivo de promoção desta ligação, o SECP irá percorrer, ao longo dos próximos meses, concelhos do interior do país, bem como das Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores, com visitas previstas a Gabinetes de Apoio ao Emigrante, autarquias, associações de solidariedade social e empresas.

Segundo apurámos, a ideia é “aprofundar a ligação e proximidade das comunidades portuguesas ao país e aos locais originários, bem como a identificação de respostas para estimular o seu regresso”.

“A Missão “Ligar Portugal à Diáspora” assenta em cinco dimensões que se interligam: Língua e cultura; Empreendedorismo e investimento; Inclusão, igualdade e cidadania; Redes, talento e inovação e Solidariedade e mérito”, disse esta Secretaria de Estado.

A primeira etapa do périplo pelo território nacional decorreu em Mangualde, concelho de origem de emigração, onde se avaliaram perspetivas de investimento público em Infraestrutura cultural de memória histórica. A edição deste ano do Fórum da Rede de Apoio ao Investimento da Diáspora terá lugar em Mangualde. 

Na deslocação a Mangualde, o SECP Paulo Cafôfo visitou o Gabinete de Apoio ao Emigrante do município, manteve reunião com a Câmara Municipal de Mangualde, no âmbito de projetos da diáspora e contactou com exemplos de investimento de emigrantes portugueses na região. ■

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui