Opinião: “Saudação especial às nossas Comunidades”, por Flávio Martins

“Que 2024 seja o ano da valorização e do reconhecimento efetivos do CCP”

0
158
Flávio Martins, deputado luso-brasileiro, em atuação pelo círculo de fora da Europa
- Publicidade -

Neste final de ano, uma saudação especial às nossas Comunidades no estrangeiro que muito contribuem para a defesa da Portugalidade, esse Portugal espiritual que se espalha por todo o mundo.

No âmbito do Conselho das Comunidades avançamos, em que pese a alteração feita à Lei do CCP estar bem aquém do necessário, mas conseguimos, finalmente, eleger, no mês passado, a futura composição desse órgão que também necessita ser mais valorizado.

Que 2024 seja o ano da valorização e do reconhecimento efetivos do CCP e das nossas Comunidades, deixando-se a retórica e passando-se à necessária ação: que as políticas públicas sejam fomentadas, mas em diálogo permanente com esse público que não pode ser lembrado somente nas estatísticas de remessas financeiras a Portugal. 

 Que o esforço de recuperação da rede consular possa acabar com tratamento desigual que sofre quem vive no estrangeiro; que a Língua Portuguesa seja um veículo de afirmação de Portugal no Mundo e de vínculo afetivo como língua materna, elo inafastável; que os governantes percebam as carências existentes e a necessidade dos apoios sociais mais volumosos e transparentes; que as questões económico-empresariais sejam mais aprofundadas.

Por fim, em 2024 Portugal continuará a ter uma morada permanente no coração de cada português no estrangeiro, mas que a Diáspora também esteja no coração de quem vive no território físico; seja no continente, seja nas Regiões Autónomas.

Flávio Martins

Presidente do Conselho Permanente do Conselho das Comunidades Portuguesas (CP-CCP)

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui