Opinião: “Empreender e Aprender: O Caminho para o Sucesso Empresarial”, por Rhaxwell Nascimento

"Os verdadeiros empreendedores, líderes de mercado têm uma característica importante em comum: aprendem e ensinam (...)"

0
721
Rhaxwell Nascimento, CEO da Associação e-DNA
- Publicidade -

Afirmar que o mundo dos negócios está em constante evolução é uma retórica de certa forma redundante, é praticamente um lugar-comum. De fato, uma verdade deve ser dita: para prosperar nesse ambiente dinâmico, quase narcótico, empreender e aprender estão ligados de forma fundamental, são duas faces da mesma moeda.

Empreender não se trata apenas de iniciar um novo negócio; trata-se também de estar disposto a aprender e adaptar-se continuamente. Entender isso e explorar de forma capital essa conexão pode levar a um caminho de sucesso duradouro no mundo corporativo.

A ideia empreendedora é um grande diferencial, mas ideias passam o tempo todo pela cabeça de quase todo mundo e, na maioria das vezes, perdem-se. Em algum momento imaginou-se criar algo interessante, inovador, extraordinário e o “time” passou. Por isso pôr em prática é essencial para que uma abstração se materialize. É exatamente a predisposição para assumir riscos, encontrar oportunidades em desafios e persistir diante das adversidades que será o diferencial. A mentalidade empreendedora não é estática; ela evolui à medida em que se aprende com as experiências.

E, acredite: a vitória pode ser doce, mas pouco se aprende com ela. Os fracassos formam os fortes e ajudam na criação de bases sólidas e inabaláveis para o sucesso. Meu querido pai dizia-me que ser um mau perdedor é horrível, mas ser um mau ganhador é inaceitável. Não compreender a linha tênue entre um e outro faz diferença na vida.

Não tenho a intenção de relativizar o fracasso, tampouco enaltecê-lo, mas não há maior fonte de aprendizado. Empreendedores de sucesso não têm medo de fracassar. Eles o vêem como uma oportunidade de evolução. Cada falha oferece insights valiosos que podem ser aplicados em futuros projetos. Aprender com os erros é uma parte fundamental do processo de empreender.

Ter sucesso deve ser o objetivo, mas definir o conceito de sucesso é algo subjetivo e cabe a cada um. O importante nesse processo é entender o que realmente vale a pena para você, quais valores serão postos à prova, qual o preço estará disposto a pagar. Aproveito aqui para abrir mais um parêntese de outro ensinamento que meu pai me deixou: Sucesso não tem nada a ver com somente ganhar dinheiro. Se fosse só isso, não haveria tanto parvo rico.

Aprender é também adaptar-se, entender que as coisas mudam e que novas tendências devem ser observadas, assim como as novas tecnologias. Isso pode atender o mercado, mas acima de tudo serve para nos guiar rumo aos nossos objetivos e ajustar as nossas estratégias.

Quando falo em aprender, traço uma linha transversal ao estudo. O aprendizado tradicional é importante, mas faço referência ao que só a vivência pode oferecer. O exercício da “barriga no balcão”, saber oferecer o que o cliente/mercado quer e precisa, isso é essencial. Os negócios bem sucedidos hoje geram demandas e criam carências, mas acima de tudo percebem e atendem necessidades.

O aprendizado nesse contexto está ligado tanto às próprias experiências como àquelas que gratuitamente podemos absorver dos bravos que, antes de nós, vivenciaram, erraram e acertaram. Talvez esse seja o maior apetite dos vencedores: aprender.

Os verdadeiros empreendedores, líderes de mercado têm uma característica importante em comum: aprendem e ensinam, promovendo o conhecimento no ambiente corporativo e disseminando as melhores práticas no próprio “set competitivo”.

Para criar ou fortalecer essa cultura empresarial que valoriza o aprendizado, considerem essas etapas estratégicas: Estimule a curiosidade, encoraje as equipes a ousar; Invista em treinamento, passe sua expertise ao grupo; Reconheça e recompense o esforço individual, o reconhecimento move pessoas; Promova o compartilhamento de know-how, ninguém sabe tudo, todos sabem tudo. A solução pode vir de alguém de fora do processo.

Inegavelmente empreender e aprender são elementos inseparáveis ​​no mundo dos negócios. Aqueles que têm sucesso no empreendedorismo são frequentemente os que abraçam e disseminam o aprendizado contínuo como parte integrante de seu caminho. Cultivar uma mentalidade empreendedora e promover uma cultura de aprendizagem em sua empresa são passos essenciais para alcançar o sucesso empresarial e, porque não dizer, na vida. Afinal, viver é aprender. ■

Rhaxwell Nascimento

CEO da Associação e-DNA, Sócio na Digital MKT e Media (e-TAG Digital Signage System), Desenvolvedor de Negócios e Investimentos no Brasil e Portugal, Gestor de Alta Performance, Formador e Criador de Soluções

rhaxwell@e-dna.pt

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui