Ministro português conversa com Lula sobre cimeira a realizar em abril

João Cravinho sinalizou os temas que deverão constar da agenda da referida cimeira, evento que irá juntar os chefes de Estado e de Governo dos dois países

0
204
“Trata-se de um momento crucial para o robustecimento dos laços e das relações históricas e de proximidade entre Portugal e o Brasil"
- Publicidade -

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, João Gomes Cravinho, foi recebido, nesta quinta-feira, dia 23, pelo ministro das Relações Exteriores do Brasil, embaixador Mauro Vieira, no Palácio Itamaraty, em Brasília. A reunião teve como objetivo discutir assuntos de interesse de ambas as nações, como a preparação para a Cimeira Brasil-Portugal que será realizada entre os dias 22 e 25 de abril em Lisboa, a cooperação bilateral em diversos setores, tais como comércio e investimentos, energia, inovação, defesa e infraestrutura, o Acordo Mercosul-União Europeia, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e a situação na Ucrânia.

Juntamente com o seu homólogo brasileiro, João Cravinho sinalizou os temas que deverão constar da agenda da referida cimeira, evento que irá juntar os chefes de Estado e de Governo dos dois países.

“Trata-se de um momento crucial para o robustecimento dos laços e das relações históricas e de proximidade entre Portugal e o Brasil, o qual voltará a acontecer ao cabo de sete anos”, reforçou o Ministério dos Negócios Estrangeiros luso.

Retomada da conexão entre os países

Desde 2016 que a Cimeira Brasil-Portugal não ocorre. Em ocasião anterior, durante a apreciação da proposta do Orçamento do Estado (OE), no Parlamento Português, João Cravinho já havia comemorado a vitória do novo presidente do Brasil, Luís Inácio Lula da Silva, e declarou que este facto seria um “avanço” no diálogo entre os dois países. Esta declaração ocorreu no dia 31 de outubro de 2022, um dia após a eleição do atual presidente do Brasil.

“Há algo muito promissor para o nosso país. Portugal não tem com o Brasil uma cimeira desde 2016. Anteriormente, eram realizadas com regularidade, mas, há seis anos que não temos. Serão sete anos em 2023, quando finalmente fizermos uma cimeira com o Brasil”, disse este ministro português.

Segundo fontes ligadas à Assembleia da República de Portugal, está previsto que Lula da Silva discurse no dia 25 de abril no parlamento europeu, data comemorativa da Revolução dos Cravos no país europeu, quando poderá também entregar o Prémio Camões ao compositor e cantor brasileiro Chico Buarque.

CPLP e novas ações

João Gomes Cravinho comentou que a mudança de poder na presidência do Brasil significaria uma evolução no combate às mudanças climáticas, e reforçaria os laços da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Durante o período em que ficou no Brasil para encontrar-se com o ministro das Relações Exteriores em reunião bilateral sul-americano, João Gomes Cravinho foi recebido pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva e pelo vice-presidente Geraldo Alckmin, além da ministra da Saúde do Brasil, Nísia Lima.

Dados do governo em Brasília confirmam que Brasil e Portugal mantêm relações económicas e históricas há séculos. Em 2022, juntas, as nações movimentaram cerca de US $5,26 mil milhões em fluxos comerciais.

Portugal é um dos principais defensores da conclusão do acordo UE-Mercosul.

Esta foi a segunda visita do ministro português ao Brasil em menos de dois meses. João Cravinho já havia estado no país em janeiro, durante a posse de Lula da Silva como presidente.

“Foi uma visita de menos de 24 horas que proporcionou excelentes trocas de impressões sobre as relações bilaterais entre os dois países, com foco especial na preparação da próxima Cimeira luso-brasileira (…) Teve também a oportunidade de cumprimentar os funcionários da Embaixada, na Chancelaria”, disse a Embaixada de Portugal em Brasília, liderada pelo Embaixador Luís Faro Ramos. ■

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui