Imprensa britânica conversa com envolvidos na performance do jogador Emerson Royal e um deles é português

"totalmente envolvido nos jogos (...) é um jogador que apresenta grande melhora em relação à última temporada"

0
115
Emerson Royal
- Publicidade -

O portal The Sun publicou na última quinta-feira, dia 29, uma reportagem sobre entrevistas realizadas com personagens que compõem o staff de acompanhamento do lateral brasileiro Emerson Royal, do Tottenham.

Em constante melhora e titular absoluto do time de Antonio Conte, o jogador é a prova de que investimentos que para muitos podem soar como gastos – assim como em todas as áreas – podem dar resultados no mercado do futebol.

Um dos entrevistados pelo portal foi o neurocientista português Fabiano de Abreu Agrela, que acompanha o atleta na perspectiva de aprimorar o seu comportamento, sobretudo no que diz respeito à saúde da mente.

“A estrela do Tottenham, Emerson Royal, gastou quase £ 1 MILHÃO para se tornar um jogador melhor, incluindo olheiros de adversários. Ele tem feito tudo o que pode para se adaptar às exigências que Antonio Conte impõe aos seus laterais”, diz trecho da reportagem.

A publicação cita ainda a atuação do empresário do brasileiro, que é o seu pai: “ele viu o brasileiro e sua equipa gerencial, liderada por seu pai Emerson Zulu, gastar £ 800.000 em bens e serviços para melhorar o seu desempenho.”

A reportagem menciona ainda que, apesar das críticas iniciais, Royal não pode ser taxado de preguiçoso, porque tem total dedicação em tentar sempre melhorar o seu ofício, ressaltando que isso pode ter conquistado de vez o técnico do clube inglês, que a publicação classifica como “fanático por desempenho”.

“O brasileiro pode parecer um personagem brincalhão nas mídias sociais, mas o seu investimento no seu jogo sugere que ele está profundamente dedicado a fazer da sua passagem pelo Spurs um sucesso indiscutível”, arrematou outro trecho da publicação do The Sun.

Fabiano de Abreu

“Ele está disposto a fazer o que for preciso para dar e estar no seu melhor. Não é fácil para um jogador deixar um tipo de cultura e expectativas e ir para a liga mais rápida e exigente do planeta. Essa adaptação brinca com a mente”, disse Fabiano de Abreu Agrela ao portal.

O site relembra ainda os elogios de Conte ao brasileiro: “totalmente envolvido nos jogos (…) é um jogador que apresenta grande melhora em relação à última temporada”. ■

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui