FIN Brasil confirma edição 2024 em Florianópolis e anuncia novidades

Organização do evento focada na atração de investidores internacionais. São esperados diversos empresários portugueses

0
757
Jatyr Ranzolin, CEO da FIN Brasil
- Publicidade -

A terceira edição da Feira Internacional de Negócios (FIN) do Brasil será realizada entre os dias 3 e 4 de abril de 2024, nas instalações do CentroSul, em Florianópolis, Sul do país. O evento oficial de lançamento aconteceu no passado mês de agosto e reuniu importantes autoridades, jornalistas e empresários nacionais e internacionais. Na cerimônia, houve a realização do painel “Oportunidades e Desafios do Mercado Global”.

Entre as novidades anunciadas para o próximo ano está a nova logomarca, que faz referência à implantação do conceito ESG e aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. Com o símbolo, a FIN pretende reafirmar o seu compromisso de ser mais que um meio de geração de negócios para assumir o papel de contribuição assertiva com o crescimento sustentável dos países presentes no evento.

As cores da logo representam seis ODSs, que serão os pilares da feira: Trabalho Decente e Crescimento Económico; Indústria Inovação e Infraestrutura; Cidades e Comunidades Sustentáveis; Redução das Desigualdades; Ação contra a Mudança Global do Clima; Parcerias e Meios de Implantação.

“A FIN Brasil está no calendário global como uma das principais feiras multissetoriais de negócios. Participantes de várias nacionalidades dos seis continentes se reúnem aqui com o objetivo de realizarem negócios que extrapolam os limites de fronteiras, culturas e línguas. É uma iniciativa audaciosa, mas Santa Catarina é um Estado vocacionado e altamente preparado para esse movimento”, disse Jatyr Ranzolin, CEO da FIN Brasil 2024.

Este responsável, que é também presidente da Câmara Brasil Portugal de Santa Catarina e vice-presidente da Federação das Câmaras Portuguesas no Brasil, reitera que a expetativa é a de que o evento do próximo ano receba mais 4.500 pessoas, mais de 100 autoridades governamentais e delegações de mais de 60 países como Portugal, Argentina, Uruguai, Equador, Estados Unidos, Eslovênia, Governo Autônomo da Ilha Madeira, Moçambique, Angola, Mali, Burkina Faso, Cazaquistão, Suíça, França e Nigéria.

Segundo Jatyr, a ampliação do espaço contará com mais de 250 stands e três palcos, sendo um deles cultural.

“Temos ainda muitas novidades que vamos anunciar durante os próximos meses em relação à tecnologia, estrutura, palestrantes e atrações que irão gerar networking, mentorias internacionais, matchmaking e rodadas de negócios”, frisou.

De acordo com o Secretário de Estado de Articulação Internacional, Juliano Froehner, “a FIN Brasil exerce um papel fundamental na internacionalização de Santa Catarina e é uma grande oportunidade para divulgarmos as potencialidades, atrair investimentos e incentivar relações comerciais do Estado com os países participantes”.

Na opinião de Filipe Gallotti, gerente de Negócios do Sebrae/SC, “empresários que participaram da FIN Brasil nos deram como feedback o fechamento de excelentes negócios. Como o nosso trabalho é apoiar micro e pequenos empreendedores, estamos incentivando ainda mais o mundo dos negócios ao selarmos novamente essa parceria com a feira”.

“Temos inúmeras razões para estimular a parceria com o Brasil, falamos praticamente a mesma língua, temos relações culturais em comum e partilhamos o mesmo oceano. A Ilha da Madeira é uma excelente opção para a realização de negócios, pois aplicamos baixa tributação fiscal e nossa economia está cada vez mais baseada na inovação. A FIN Brasil será uma oportunidade de reunir o melhor do Brasil com o melhor de Portugal”, disse Rui Miguel da Silva Barreto, secretário Regional de Economia da Ilha da Madeira.

“Santa Catarina é o sexto PIB do Brasil, temos uma produção variada de produtos e que alcançam exigentes mercados. Também somos um Estado importador. Por isso, a FIN é importante para a internacionalização dos nossos produtos. É um evento que contribui para tornar a mentalidade empresarial mais recetiva a novos modelos de negócios e que nos trará muitas oportunidades pela frente”, observou Maitê Bustamante, presidente da Câmara de Comércio Exterior da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC).

Recorde-se que a FIN Brasil 2024 é promovida pela Câmara de Comércio Brasil Portugal de Santa Catarina, Associação dos Jovens Empresários Portugal/China, Federação das Câmaras Portuguesas no Brasil. Conta com o apoio do Governo de Santa Catarina, da Prefeitura de Florianópolis, da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC) e da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (FACISC). A FIN conta com edições anuais em quatro países de diferentes continentes: Europa (Portugal), América Latina (Brasil), Ásia (China) e África (Angola).

Autarcas portugueses participaram na edição 2023

Em março deste ano, a segunda edição da FIN Brasil, considerada a maior feira multissetorial da América Latina, terminou com um volume de negócios na casa dos R$ 100 milhões, cerca de 20 milhões de euros, e perspetiva de, pelo menos, mais R$ 500 milhões, cerca de 100 milhões de euros, em negócios futuros através das quatro mil conexões registadas durante a feira, segundo os seus organizadores.

Dezassete estados brasileiros estiveram presentes na FIN Brasil, que teve mais de 200 stands com empreendedores de pequeno, médio e grande porte, além de contar com a presença de políticos e autoridades brasileiros e internacionais.

Uma grande comitiva portuguesa e moçambicana alavancou a participação internacional, com foco na promoção dos seus territórios e das potencialidades existentes no campo dos investimentos e da atração de mão de obra e de estudantes, fruto de uma parceria entre a FIN Brasil e a Câmara de Comércio da Região das Beiras.

Parte da comitiva portuguesa participante na FIN Brasil 2023

Durante a FIN Brasil 2023, as comitivas de Portugal e de Moçambique assinaram protocolos com entidades e autoridades do Brasil com vistas à realização de eventos bilaterais e com o intuito de realizarem negócios. No Palco 360, houve apresentações da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, município de Castelo Branco, Associação Mais Lusofonia, Moçambique e de António Carlos Albuquerque, da Câmara Municipal de Coimbra.

“A Feira Internacional de Negócios – FIN Brasil é um evento multissetorial que reúne, em um único local, feira de negócios, palestras e mentorias de internacionalização, além de diferentes ambientes e ferramentas para negócios globais. A FIN Brasil é um importante ecossistema global de negócios, atuando como meio para a troca de conhecimentos, tendências e experiências em diferentes setores, promovendo o crescimento e a inovação nos mercados locais e internacionais. É, portanto, um ambiente propício para negócios, networking, exposição de produtos e serviços”, finalizou Jatyr Ranzolin.

O site do evento já está disponível para garantir ingressos e, por meio dele, obter mais informações e preencher o formulário de expositor. ■

Veja o link abaixo:

https://finbrasil.com.br/pt

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui