“Festival Mais Solidário” leva grandes nomes da música a Castelo Branco em agosto

Em palco estarão artistas como Matias Damásio, Calema e Richie Campbell

0
468
Hélder Martins, presidente da “Associação 4 Corações”, promotora do evento em Castelo Branco
- Publicidade -

“Ajudar Pessoas”. É este o tom principal do “Festival Mais Solidário”, que vai decorrer nos dias 11, 12 e 13 de agosto na Zona de Lazer de Castelo Branco, região Centro de Portugal. O local vai contar com concertos de grandes nomes da música portuguesa e internacional, com finalidade solidária, além da presença de diversas entidades, como a Associação “Mais Lusofonia”, que conecta Portugal, Cabo Verde e Brasil no ramo social. O público presente poderá também ter acesso a outras atividades no recinto, que prometem aliar bons momentos ao tema da responsabilidade social.

Em palco estarão artistas como Matias Damásio, Calema e Richie Campbell. A nossa reportagem conversou com Hélder Martins, de 48 anos de idade, engenheiro e presidente da “Associação 4 Corações”, promotora do evento, para saber como está a ser organizada esta iniciativa, conhecer os destaques do programa e apurar as expetativas dos organizadores.

Quais os objetivos do evento?

O objetivo do Festival Mais Solidário é ajudar pessoas. Fazemos este Festival para angariar fundos para a nossa associação, a IPSS 4 Corações. Desde 2021, já entregamos mais de 400 mil refeições quentes a quem mais precisa nas cidades de Castelo Branco, Portalegre, Setúbal, Cascais, Torres Vedras e Braga, ambas em Portugal.

Como está composta a programação?

Vamos apresentar vários concertos com grandes nomes da música nacional, como Richie Campbell, Xico da Tina, Azeitonas e Nuno Ribeiro e os internacionais Lucenzo, Matias Damásio e Calema.

Quais as principais atrações?

Os artistas principais referidos, os artistas regionais, a gastronomia regional e também a envolvência dos mais de 250 voluntários e das 19 associações motores operacionais deste Festival.

Além do palco principal, que atrações o público pode encontrar no local do evento?

Além dos concertos no palco principal, vão ser três dias de animação, com um palco secundário repleto de música regional e muita atividade desportiva. Teremos também uma ampla zona de restauração com muita diversidade e produtos, uma exposição de artesanato e uma área de animação para crianças.

Quem são os vossos principais parceiros?

Felizmente, a sociedade está cada vez mais consciente da importância do Festival Mais Solidário na vertente responsabilidade social. Entre as maiores marcas podemos destacar: Câmara Municipal de Castelo Branco, Turismo Centro de Portugal, TVI, RFM, Auchan, AMatos Car, Leroy Merlin, entre outros.

Qual o tamanho do público esperado?

Ter mais uma pessoa que na primeira edição 2022 onde superamos as 24 mil visitantes.

O que esperam como resultado?

Esperamos que as pessoas que nos visitam saiam satisfeitas e com a clara noção de que podemos aliar diversão com responsabilidade social através da ajuda na colocação de um prato de comida quente em cima da mesa que quem precisa.

O que o público pode esperar do evento?

Este evento é muito diversificado, é um Festival para as famílias, onde todos podem usufruir de um ambiente fantástico de comunhão, música, gastronomia, atividades infantis num ambiente de animação e boa disposição.

Qual o valor dos bilhetes?

Os bilhetes, neste momento, estão a 22€, o diário, e 48€, o geral de três dias.

Qual o investimento feito no evento?

Temos orçamentados acima de 400 mil euros.

Houve já outras edições?

Sim, em 2022, conseguimos envolver mais de 65 empresas que colaboraram neste evento, além de 350 voluntários, bem como 12 associações do concelho de Castelo Branco, números que vão aumentar nesta edição.

Por que realizar o evento em Castelo Branco?

Castelo Branco é a nossa base de trabalho, e um grupo de carolas, albicastrenses, juntaram-se e fizeram acontecer.

Na sua opinião, a cultura pode efetivamente conectar as pessoas?

Claramente, que bom foi ver voluntários, publico em geral, utentes de várias instituições de solidariedade social todos juntos num evento para uma mesma finalidade.

Há já previsão para outras edições?

Estamos sempre prontos para trabalhar, já fomos abordados por várias autarquias para levar este Festival a vários municípios. Iremos avaliar.

Por fim, que mensagem deixa para o público que ainda não conhece o evento?

Rumo a Castelo Branco. Ajudem a “Associação 4 Corações” a ajudar. Mais informações sobre o evento podem ser encontradas em: https://festival.maissolidario.org/

Veja mais detalhes na redes sociais do eventoo:

Instagram: https://www.instagram.com/festivalmaissolidario/

Facebook: https://www.facebook.com/festivalmaissolidario

  • Parceria Agência Incomparáveis & Festival Mais Solidário

Fruto da parceria estabelecida entre a organização do Festival Mais Solidário, a Agência Incomparáveis, que é Media Partner Internacional do evento, está a oferecer três bilhetes gratuitos, um para cada dia do evento (11/08; 12/08 e 13/08), em formato de passatempo.

Para participar, basta seguir as redes sociais da Agência Incomparáveis e enviar um e-mail até dia 10 de agosto, pelas 19h (hora de Lisboa), para info@agenciaincomparaveis.com, contendo nome completo, idade e contacto, respondendo à seguinte questão:

O que é “Incomparável” quando o assunto é “Responsabilidade Social”?

As respostas serão avaliadas por um júri composto pela equipa da Agência Incomparáveis e por voluntários da Associação “Mais Lusofonia”, parceira do nosso projeto. Os vencedores serão divulgados no próximo dia 10 de agosto, pelas redes sociais e no site da nossa Agência, a partir das 22h (hora de Lisboa).

Participe e boa sorte!

Facebook: https://www.facebook.com/conteudoagenciaincomparaveis/

Instagram: https://www.instagram.com/agenciaincomparaveis/

A Agência Incomparáveis é uma agência de notícias voltada para as comunidades portuguesas e luso-brasileiras espalhadas pelo mundo, com público na América do Sul e do Norte, Europa e África Lusófona. Os nossos conteúdos circulam também perante parceiros em todo o mundo no ramo impresso, digital, TV e rádio. ■

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui