Exportações do Ceará crescem 30% e chegam a US$ 2,7 bilhões em 2021

O Observatório de Negócios Internacionais da Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil aponta um crescimento de mais de 30% em comparação a 2020.

0
313
Com esse resultado, o Ceará é o 14º maior exportador brasileiro, sendo 1º lugar em pescados
- Publicidade -

O Observatório de Negócios Internacionais, da Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil – FCPCB  divulgou dados contendo detalhes das relações comerciais entre o estado do Ceará e o mundo. Entre janeiro e dezembro de 2021, o estado exportou um total de US$ 2,738 bilhões, com um crescimento de 32% se comparado ao valor alcançado em 2020.

Com esse resultado, o Ceará é o 14º maior exportador brasileiro, sendo 1º lugar em pescados (102 Mi), 2º em calçados (225 Mi), 3º em frutas (US$ 170 Mi), 4º em semimanufaturados de ferro e aço (US$ 1,6 Bi) e 4º também em máquinas e aparelhos elétricos (US$ 183 Mi). Entre os principais produtos exportados em 2021 estão os semimanufaturados de ferro e aço (US$ 1,64 Bi), os calçados (US$ 225,52 Mi), motores, geradores e transformadores elétricos (US$ 187,66 Mi) e castanhas de caju (US$ 187,35).

A exemplo do bom resultado, está o número de exportados para Portugal em que houve aumento significativos nos índices dos setores de móveis e mobiliário médico-cirúrgico com alta de 83,27%, gorduras e óleos animais e vegetais com 55,87%, plásticos com 27,45% e madeira, carvão vegetal e obras de madeira com o crescimento de 99,93%.

No sentido inverso, as importações cearenses de produtos portugueses chegaram a US$ 4,72 milhões, 58,06% menores do que em 2020. O que se destacou foram as gorduras e óleos animais e vegetais (US$ 2,1 Mi), plásticos (US$ 963.612 mil) e máquinas e aparelhos elétricos (US$ 367.554 mil).

O Observatório de Negócios Internacionais foi criado com o objetivo de proporcionar, de forma mais fácil, didática e precisa, a análise dos filtros sobre exportações e importações de qualquer cidade, estado ou país. A ferramenta foi desenvolvida pela Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil – FCPCB, em parceria com a Câmara Brasil Portugal no Ceará – CBPCE e com o apoio da APSV Advogados. Os dados divulgados pelo programa são da plataforma BI (Business Inteligence). Ela compila as informações divulgadas pelo Ministério da Economia desde 1997 e faz as comparações de acordo com o filtro desejado, pois contém detalhes das relações comerciais com Portugal, inclusive com informações do comércio exterior de todos os estados brasileiros onde há Câmaras luso-brasileiras. E o mais interessante ainda é que a ferramenta possibilita analisar o comércio-corrente entre um determinado estado e os países com os quais ele tem relações de comércio. ■

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui