Considerado o sexto país mais seguro do mundo, Portugal continua a atrair brasileiros

“existem vários outros pontos positivos que tornam Portugal um dos principais destinos da Europa”

0
200
País europeu “na mira” dos sul-americanos
- Publicidade -

Com o crescimento das tensões no continente europeu devido à guerra entre Ucrânia e Rússia e crises políticas e económicas nos países latinos, como o Brasil, tem crescido o interesse por mudanças para Portugal.

O país é o sexto mais seguro do mundo segundo a Global Peace Index (GPI) e outras características como a estabilidade e a qualidade de vida também têm atraído novos moradores para o país lusitano.

Márcio Inverneiro, um dos maiores empreiteiros portugueses que atua na contratação de brasileiros, acredita que “Portugal é um país seguro, não como antes, já fomos o terceiro. Nas capitais acontecem bastante coisa. Algumas registam dados e outras não. Mesmo assim, em comparação ao que vem acontecendo nos demais países europeus, podemos dizer que estamos bem”.

Mas, além da pacificidade, “existem vários outros pontos positivos que tornam Portugal um dos principais destinos da Europa, como a economia, políticas de facilitação de mudanças para o país e o clima, porém, temos também um ponto negativo que é o facto de as famílias que se mudam para o país sofrerem xenofobia”, apontou Márcio.

Apesar dos acordos entre Brasil e Portugal, da facilidade da língua entre os dois países e da grande quantidade de brasileiros que têm se mudado para Portugal, em especial após as eleições presidenciais do último mês de outubro, especialistas sugerem que ainda existem barreiras culturais que causam preconceitos que dificultam a integração total dos estrangeiros no país.

“O maior problema hoje que enfrentamos é a xenofobia, muitos brasileiros que vem em busca de uma vida mais tranquila, passando por situações que me entristecem. Nós, portugueses, sempre fomos bem recebidos no Brasil, somos cinco milhões lá, não deveria ser assim”, finalizou Márcio.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui