Confraria “Grão Vasco” entronizou meia centena de novos confrades em Viseu

Um dos objetivos é revitalizar os trabalhos da Confraria e atrair jovens confrades para defenderem as tradições das Beiras

0
228
Evento grandioso em Viseu para receber novos confrades
- Publicidade -

A Confraria de Saberes e Sabores da Beira ‘Grão Vasco’, com sede em Viseu, levou a cabo o XI Capítulo Geral de Entronização, que decorreu nos Claustros da Sé de Viseu. Foram entronizados 41 novos confrades Cavaleiros e dez novos Comendadores, num grande evento no dia 1 de julho.

“Ultrapassou as expectativas” o XI Capítulo Geral de Entronização da Confraria de Saberes e Sabores da Beira ‘Grão Vasco’, que contou com mais de centena e meia de participantes, entre os quais representantes de 22 Confrarias oriundas de diferentes regiões do país, de Barcelos e Mogadouro, no Norte, ao Algarve.

Foram entronizados com o Grau de ‘Comendador’ destacadas instituições da região, como a Casa de Saúde de São Mateus, a Caritas de Viseu, a Refood Viseu, a revista Gazeta Rural e a Fundação Aquilino Ribeiro, mas também personalidades de referência da região, ou a ela ligadas, como Cristina Barroco, Diamantino Santos, Francisco Mendes da Silva, Luísa Mellid Monteiro e Paulo Sérgio Albuquerque.

Autarca de Lamego homenageado no Brasil

De realçar que Francisco Lopes, presidente da Câmara Municipal de Lamego, foi também agraciado com o Grau de ‘Comendador’ no aniversário de 57 anos de fundação da Casa do Distrito de Viseu no Rio de Janeiro, que decorreu no dia 2 de julho. Francisco Lopes foi o palestrante na cerimónia de aniversário onde acabou “surpreendido” com a entrega do Comenda por parte de António Cardão, representante da Confraria Grão Vasco em terras de Vera Cruz. Com o Grau de ‘Cavaleiro’ foram entronizados 41 novos confrades, figuras da vida social local e nacional e dos mais diversos quadrantes profissionais.

Depois da cerimónia, que decorreu nos Claustros da Sé de Viseu, o cortejo confrádico percorreu as ruas da cidade até à Praça da República, para uma receção no Salão Nobre da Câmara Municipal de Viseu, que teve como anfitrião o presidente Fernando Ruas.

Cerimónia na Câmara de Viseu

Na ocasião, o Almoxarife da Confraria Grão Vasco, José Ernesto, salientou a importância do ato e agradeceu a Fernando Ruas, autarca de Viseu, “o simbolismo” da receção na sala mais nobre do município. José Ernesto Silva salientou a entrada para o mundo confrádico de 41 novos elementos, aproveitando a ocasião para agradecer a presença das diferentes confrarias que visitaram Viseu.

Já Fernando Ruas, depois de realçar a importância da realização de mais um Capítulo de Entronização em Viseu, destacou o importante trabalho levado a cabo pela Confraria Grão Vasco na divulgação da cultura e das tradições beirãs, a nível nacional e internacional. O autarca felicitou a Confraria Grão Vasco “pelo seu papel ativo, ao longo dos anos, na salvaguarda e promoção do nosso território, da sua identidade, valores e tradições das gentes beirãs, dentro e fora de portas”.

O Capítulo de Entronização terminou com um repasto no Hotel Grão Vasco, durante o qual foi homenageado Pedro Machado, presidente da Entidade Regional Turismo Centro de Portugal, com a entrega do ‘Beirão de Mérito’, a mais alta distinção da Confraria Grão Vasco.

A Lição de sapiência esteve a cargo de Paulo Pinto de Albuquerque, professor Catedrático da Universidade Católica de Lisboa, Doutor Honoris Causa pelas Universidade de Edge Hill, no Reino Unido, e de Kharkiv, na Ucrânia, e antigo juiz do Tribunal Europeu dos Direitos Humanos.

Pedro Machado, presidente do Turismo do Centro de Portugal, homanageado

A atuação da Tuna Sabores da Música e a entrega de lembranças foram os momentos finais de um dia que ficará na memória de todos. O ‘Mestre de Cerimónias’ foi Miguel de Almeida, figura conhecida do meio viseense e membro da Federação do Folclore Português, que contou com o apoio do Grupo Etnográfico “As Tricanas de Vildemoinhos”.

No final do repasto, o Almoxarife da Confraria Grão Vasco, José Ernesto Silva, recebeu uma Moção de Honra ao Mérito da Academia de Filosofia e Ciências da Casa Lucentina, pelas mãos do jornalista luso-brasileiro Ígor Lopes, que é também Embaixador Cultural da referida Academia em Portugal.

José Ernesto recebe diploma das mãos de Ígor Lopes

Ígor Lopes, que é CEO da Agência Incomparáveis e também foi entronizado como , referiu que o diploma “mostra a importância do trabalho de José Ernesto Silva na conexão entre o Brasil e Portugal, com o auxílio da visão estratégica da Confraria que lidera e que conta com pessoas engajadas no Rio de Janeiro, Manaus e Florianópolis, além de outras partes do mundo”.

A Confraria Grão Vasco agradeceu, em nota, os apoios das seguintes entidades, que tornaram possível a realização deste evento: Turismo Centro de Portugal, Câmara Municipal de Viseu, Freguesia de Viseu, Viseu Marca, CVR Dão, Quinta de Lemos, Adega de Silgueiros, Adega de Penalva do Castelo e Amora Brava Vinhos.

Conheça o trabalho da Confraria no Facebook: https://www.facebook.com/confraria.graovasco

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui