Castelo Branco quer ser incluída na lista de Cidades Criativas da UNESCO

Dezenas de participantes presenciaram, entre os dias 12 e 15 de abril, o primeiro Encontro Internacional de Cidades Criativas da UNESCO em Castelo Branco, município português que é candidato à UNESCO como cidade criativa do Artesanato e das Artes Populares, por meio dos “Bordados Tradicionais”

0
1022
- Publicidade -

A nossa reportagem conversou com Helder Henriques, vice-presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco e coordenador da candidatura à UNESCO, que explicou que o projeto destaca o “posicionamento de Castelo Branco no mapa mundo no que diz respeito ao bordado da região e às potencialidades de desenvolvimento económico do concelho através da criatividade, tendo como âncora o referido bordado”. Especialistas e responsáveis de diversas cidades do mundo, como Brasil, Espanha e Cabo Verde, declararam apoio à candidatura durante iniciativa que decorreu nas instalações do Centro Cultural de Castelo Branco. Essa intenção de Castelo Branco ganhou o apoio de nomes de vulto na região e no país, como o embaixador Luís Castro Mendes, que foi cônsul-geral de Portugal no Rio de Janeiro e ministro da Cultura de Portugal; Volodymyr KOZLOV, embaixador da Ucrânia em Portugal; Sofia Lourenço, presidente da Associação “Mais Lusofonia”; Eduardo Barroso Neto, consultor na área de “Economia Criativa”, em atuação atualmente na prefeitura de João Pessoa, Brasil; entre outros. O prazo para a entrega do dossier da candidatura à UNESCO é em meados de junho deste ano. Veja mais na reportagem em vídeo.

 

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui