Casa cheia no Porto para ouvir Ivandro Soares Monteiro

“Esta é uma experiência e palestra transformadora para aumentar o sentido de responsabilidade individual e rejeitar o lugar de vítima”, disse este psicólogo clínico

0
1143
Ivandro Soares Monteiro, psicólogo clínico, escritor e professor universitário português
- Publicidade -

O teatro Sá da Bandeira no Porto, Portugal, recebeu um grande público no dia 23 de novembro que acompanhou o último ponto da agenda deste ano do psicólogo clínico e professor universitário português Ivandro Soares Monteiro. O autor tem liderado em Portugal e no estrangeiro eventos de apresentação da sua mais recente obra “Mudamos pelo que fazemos”, que conta já com uma segunda edição.

Esta que foi a sua primeira palestra aberta ao público em geral contou com sala cheia. Em pauta esteve a capacidade de “dar sentido ao sofrimento e rejeitar a visão de vitimização”, bem como o valor do “empoderamento e responsabilidade individual”. Raúl Reis, responsável pelo jornal Bom Dia, dividiu o palco com o anfitrião.

“Esgotamos o evento neste que foi o meu primeiro evento aberto ao público em geral, num local histórico como o Teatro Sá da Bandeira, onde tanta arte e conhecimento foi vivido e, agora, tenho a oportunidade, graças a cada um dos presentes interessados, em poder partilhar convosco o conhecimento científico, ancorado em metáforas, exemplos de vida e filosofia estoica, tão necessária nos dias de hoje, para que não sejamos vítimas das circunstâncias, mas, acima de tudo, sejamos os atores e atrizes principais das nossas vidas”, disse Ivandro Soares Monteiro após o encontro no Norte do país.

“Foi um sentimento de grande felicidade e responsabilidade, dado que as pessoas na audiência escolheram dar o seu tempo e atenção ao conteúdo do que eu tinha para dizer. Quem me conhece, sabendo que sou apreciador do trabalho de Jordan Peterson, Augusto Cury, Clóvis de Barros Filho, Mário Sérgio Cortella, entre outros, como psicólogo clínico e professor universitário escolhi a exposição para levar ciência às pessoas em língua portuguesa, para que possam se conhecer melhor, nunca numa perspetiva de solução fácil ou utópica dos problemas, mas, acima de tudo, numa lógica de empoderamento e responsabilização pelo autoconhecimento e acréscimo de experiências. Porquê? Porque “Mudamos pelo que fazemos””, completou este especialista.

Devido ao sucesso da palestra da última semana, Ivandro Soares Monteiro anunciou uma segunda data. O psicólogo e escritor volta a apresentar-se no dia 3 de fevereiro de 2024, pelas 21h30, no Porto.

“Esta é uma experiência e palestra transformadora para aumentar o sentido de responsabilidade individual e rejeitar o lugar de vítima, com ciência, metáforas e exemplos, desde histórias pessoais às de figuras públicas, como Schwarzenegger e Stallone que tive a honra de conhecer, emoldurada pela filosofia milenar estoica. Vamos articular e treinar maneiras de saber pensar, alternando com pequenos momentos musicais da guitarra portuguesa do Carlos Semedo e uma segunda parte com perguntas e respostas junto da audiência”, explicou Ivandro Soares Monteiro.

“Mudamos pelo que fazemos” tem previstos lançamentos um pouco por todo o mundo, e o Brasil é um dos próximos destinos. ■

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui