Atriz Úrsula Corona defendeu “o futuro da democracia representativa” durante 12º Fórum Jurídico de Lisboa

Estima-se que 2,5 mil pessoas participaram nessa edição

0
79
Úrsula Corona conversa com Luís Roberto Barroso, presidente do Supremo Tribunal Federal do Brasil (STF)
- Publicidade -

A atriz brasileira Úrsula Corona, CEO do Instituto Fome de Tudo, organização apoiada pelas Nações Unidas em parceria com o Programa Mundial de Alimentos (PMA), participou no 12º Fórum Jurídico de Lisboa, em Portugal.

Úrsula, que também é sócia da Sete Artes Produções, com sede em Lisboa, foi uma das apresentadoras do painel “O mundo em eleições e o futuro da democracia representativa”, uma prestação que mereceu o elogio de Luís Roberto Barroso, presidente do Supremo Tribunal Federal do Brasil (STF).

Ao todo, o Fórum apresentou 53 painéis com 337 palestrantes, entre académicos, gestores, especialistas, autoridades, representantes da sociedade civil organizada do Brasil e da Europa.

O tema do fórum de 2024 foi “Avanços e recuos da globalização e as novas fronteiras: transformações jurídicas, políticas, económicas, socioambientais e digitais”, uma iniciativa que decorreu entre os dias 26, 27 e 28 de junho nas instalações da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

Estima-se que 2,5 mil pessoas participaram nessa edição, além de ministros do STF e de vários do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O evento foi organizado pelo Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa (IDP), pelo Instituto de Ciências Jurídico-Políticas da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (ICJP) e pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O encontro permitiu o diagnóstico e a formulação de soluções para problemas que atingem Brasil e Portugal, além de ter estreitado relações entre os países. Esta foi a conclusão da mesa de encerramento do fórum, que contou com manifestações do ministro Gilmar Mendes, decano do Supremo Tribunal Federal do Brasil, e do reitor da Universidade de Lisboa, Luís Manuel dos Anjos Ferreira. ■ 

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui