Associação “Covilhã Tem Força” formalizada para discutir qualidade de vida dos covilhanenses

"A 'Covilhã Tem Força' apresenta-se como um espaço de diálogo e ação"

0
993
Eugénia Matos, investigadora da Universidade da Beira Interior (UBI), assumiu a presidência do Conselho Fiscal; advogado Fernando Pinheiro foi designado como presidente da Assembleia Geral; e João Morgado, presidente da Associação
- Publicidade -

João Morgado assumiu a presidência da recém-criada associação “Covilhã Tem Força” durante a cerimónia de posse realizada no dia 26 de maio no Salão da União de Freguesias Covilhã e Canhoso. A associação é resultante do movimento cívico que participou ativamente nas últimas eleições autárquicas na Covilhã. Eugénia Matos, investigadora da Universidade da Beira Interior (UBI), assumiu a presidência do Conselho Fiscal, enquanto o advogado Fernando Pinheiro foi designado como presidente da Assembleia Geral.

A formação dos órgãos sociais inclui outros nomes proeminentes que fizeram parte da candidatura nas eleições de 2021, como Vasco Lino, Vítor Tomás Ferreira, Ana Branco… Nomes que trazem consigo a experiência e o empenhamento demonstrados durante a anterior campanha eleitoral. Durante o seu discurso de posse, João Morgado ressaltou que a criação dessa associação é o cumprimento de um compromisso assumido anteriormente e que agora ganha forma e estrutura. Referiu ainda que a “Covilhã Tem Força” será uma entidade dedicada à análise e ao trabalho voltado para os interesses da população do concelho da Covilhã.

“Acreditamos que pequenos movimentos podem forçar grandes decisões. Por isso, queremos dar o nosso contributo e fazer a diferença. Acreditamos que a ‘Covilhã Tem Força’, porque as pessoas da Covilhã são fortes, precisam apenas de condições para fazer evoluir as suas famílias, os seus negócios, os seus sonhos. Queremos dar voz aos que não se sentem representados no atual quadro partidário do concelho da Covilhã e procuram novas vozes e novos rostos… novos protagonistas!” – referiu João Morgado, sem nunca criticar ninguém.

“Aqui estão pessoas com provas dadas, pessoas com sucesso nas suas diferentes áreas de ação e que, com sacrifício das suas vidas, mostram disponibilidade para trabalhar em prol dos outros. Só por si, este é um programa político fabuloso!” – comentou Morgado.

Segundo este dirigente, a associação “Covilhã Tem Força” tem como objetivo principal promover a intervenção sociopolítica no concelho da Covilhã. Com uma equipa diversificada e comprometida, a associação pretende contribuir com novas ideias e desenvolver propostas voltadas para o progresso e a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos covilhanenses. É de sublinhar que o movimento está representado na Assembleia Municipal da Covilhã, para onde elegeu Fernando Pinheiro.

A posse de João Morgado como presidente da associação vem marcar os cenários políticos do concelho, reforçando a importância do envolvimento cívico e da participação ativa da sociedade civil na defesa dos interesses da comunidade.

“A ‘Covilhã Tem Força’ apresenta-se como um espaço de diálogo e ação, procurando contribuir para o desenvolvimento e a promoção do bem-estar no concelho. A Covilhã tem de voltar a ser líder regional”, defendeu João Morgado. ■

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui