Transformação digital nas pequenas empresas: como a tecnologia ajuda no acompanhamento das equipes externas

Cerca de 87,5% das empresas instaladas no Brasil realizaram alguma iniciativa voltada à transformação digital no ano passado

0
157
Gabriel Rodrigues, CEO e cofundador da Auvo
Gabriel Rodrigues, CEO e cofundador da Auvo
- Publicidade -

Já não é novidade que a transformação digital é essencial para uma empresa. O avanço da tecnologia possibilita que ela vá além e realize tarefas de forma mais rápida e segura, dessa forma, é possível ganhar performance e produtividade para ter um diferencial e conseguir levar uma experiência melhor para o cliente.

Segundo o Índice de Transformação Digital da Dell Technologies 2020 (DT Index 2020), cerca de 87,5% das empresas instaladas no Brasil realizaram alguma iniciativa voltada à transformação digital no ano passado. O número ficou acima da média mundial, de 80%. Diante disso, é necessário reforçamos que diversas áreas e frentes precisam da transformação digital para se manter no mercado.

Esse crescimento de tecnologia nas empresas deve-se também ao aumento no número de PMEs nos últimos anos. De acordo levantamento do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com base em dados da Receita Federal, o Brasil registrou a abertura de 98,1 mil micro e pequenas empresas nos dois primeiros meses de 2021. A maioria delas, cerca de 57%, foram abertas em janeiro, o que representa crescimento de 12,6% em relação ao mesmo período de 2020.

Agora, se todos nós estamos totalmente inseridos no mundo tecnológico e usamos a internet para tudo que fazemos, como pedir comida, ver o trânsito, checar notícias, a temperatura do dia e diversas outras atividades, não podemos ficar receosos de aplicar aquilo que usamos no dia a dia, em nossa própria empresa. Se você utiliza tanto da tecnologia e ela traz diversos benefícios, imagina o que ela não pode trazer para sua companhia?

O primeiro passo para implementar a transformação digital é definir com precisão tudo que sua empresa faz e como ela funciona. Ou seja, saber todos os processos, como eles são feitos, quem os faz, quais as melhores formas de otimizar, se são feitos de forma manual e etc. Dessa forma, você consegue identificar quais caminhos melhorar e onde aplicar a tecnologia.

Claro que se sua empresa possui uma cultura mais tradicional, também será necessário mudar a forma como a tecnologia é vista. Será preciso a ajuda de todos para colocar em prática a inovação que deseja aplicar para melhorar os processos internos e externos.

O uso de automatização de sistemas pode ainda mitigar erros e falhas que facilmente podem acontecer. A empresa deve olhar para seus processos e ver o que ela faz de maneira manual e que pode ser otimizado pela tecnologia. Uma ferramenta, seja ela automática ou semiautomática, permite a geração de informações e tomada de decisões com mais prática, segurança e rapidez, melhorando até mesmo a satisfação do cliente.

Comece a fazer um mapa mental, anotando e observando tudo que você faz na empresa para saber onde novas soluções podem ser mais eficientes. Olhe para seu negócio, defina o que é importante e identifique quais dores a tecnologia vai conseguir sanar. Sabendo bem o que sua empresa precisa, ela vai ter um bom desempenho e até melhorar a gestão e o atendimento ao cliente. Vai por mim!

Gabriel Rodrigues

CEO e cofundador da Auvo. ∎

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui