Salas de cinema do Brasil com espaço para filme português

Película portuguesa foi premiada no Festival Internacional de Cinema de Girona, Espanha

0
262
Trabalho cinematográfico é classificado como uma “tragicomédia minhota”
- Publicidade -

Está previsto chegar aos cinemas brasileiros em fevereiro de 2021 o filme “Surdina”, do diretor Rodrigo Areias, em parceria com o escritor Válter Hugo Mãe. O longa-metragem, distribuído pela Fênix Filmes, teve estreia mundial em outubro de 2019 na 43ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo e passou por inúmeros festivais internacionais. Produzido pela produtora Bando à Parte, “Surdina” traz no elenco António Durães, Ana Bustorff, Filomena Gigante, Jorge Mota, João Pedro Vaz ou Emília Silvestre, entre outros.

Esse trabalho cinematográfico é classificado como uma “tragicomédia minhota”, uma vez que foi gravado na região do Minho. As exibições no Brasil serão acompanhadas de banda sonora ao vivo, no formato cine-concertos, com músicos brasileiros que reproduzirão a música composta pelo guitarrista português Tó Trips, da banda Dead Combo.

Reconhecimento internacional

A película portuguesa foi premiada no Festival Internacional de Cinema de Girona, Espanha, como melhor filme, melhor fotografia e melhor banda sonora original e coleciona os prémios de melhor filme em língua estrangeira do Central States Indie FanFilmFest (EUA) e melhor filme estrangeiro do Kyiv International Film Festival  (Ucrânia).

Surdina traz para o presente o jeito de um Portugal antigo. Tem como cenário um espaço rural, onde Isaque, um velho homem interpretado por António Durães, recebe a notícia de que a sua falecida mulher foi vista fazendo compras na feira. Revoltado, despeitado e triste, o velho homem pretende esconder-se de todos, mas os seus amigos insistem para que não dê ouvidos ao povo e que aproveite o facto para se fortalecer e, quem sabe, casar-se de novo”, comentou a produção do filme. ■

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui