Rio de Janeiro revela aumento no número de pessoas com anticorpos contra a covid-19

Número saltou de 4% para 28% nas últimas semanas em amostras que foram coletadas em doadores de sangue

0
102
Pesquisa inédita do Hemorio estuda presença de anticorpos contra a covid-19 na população do Rio de Janeiro
- Publicidade -

O Hemorio, hemocentro coordenador do Rio de Janeiro que faz parte da Secretaria de Estado de Saúde, liberou neste sábado resultados preliminares de uma pesquisa inédita que aponta crescimento na presença de anticorpos entre a população. Os dados, analisados em parceria com pesquisadores da SES, UERJ, UFRJ e Fiocruz, indicam que 28% dos doadores de sangue que estiveram no instituto nas últimas duas semanas já desenvolveram anticorpos contra a covid-19. A taxa era de apenas 4% nas primeiras semanas de abril.

O estudo, que já contou com 7.286 pessoas, continua sendo realizado e tem como objetivo mapear o índice de pessoas infectadas e com anticorpos no estado.

Doar sangue é sempre importante

Diretor do Hemorio, Luiz Amorim considera os dados importantes para um mapeamento da evolução da covid-19 e afirma que os testes seguirão até o final da pandemia.

“Os doadores de sangue podem ser considerados uma população-sentinela, que nos possibilita acompanhar a curva da doença. Surpreendentemente, um número considerável de doadores já possui anticorpos contra o novo coronavírus, o que pode refletir a realidade da população em geral”, pontuou Amorim.

A expectativa é que, até o final de julho, mais 3 mil pessoas participem da pesquisa, que escolhe pessoas aleatórias que vão ao Hemorio, instituto responsável por abastecer com sangue as principais emergências, maternidades e unidades de saúde.

Campanha do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro

O posto de coleta central (R. Frei Caneca, 8 – Centro) funciona todos os dias, incluindo feriados, de 7h às 18h. ■

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui