Países celebram o Dia Mundial da Língua Portuguesa com lançamento da publicação infanto-juvenil “Sonhar Brasília”

Com prefácio do Secretário Executivo da CPLP, Embaixador Francisco Ribeiro Telles,apresentação da Diretora-Geral da Unesco no Brasil, Marlova Jovchelovitch Noleto, e introdução do Secretário de Cultura e Economia Criativa do Governo do Distrito Federal, Bartolomeu Rodrigues, o livro será lançado em evento on-line, no dia 05 de maio de 2021.

0
255
Livro reúne textos de autores de 8 países da CPLP - Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, Timor-Leste
- Publicidade -

O Dia Mundial da Língua Portuguesa foi proclamado pela Organização das Nações Unidas
para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) em novembro de 2019 e foi celebrado
pela primeira vez enquanto data mundial da nossa língua comum em 2020, ano em que
Brasília celebrou 60 anos de existência.
Para assinalar as efemérides, as sete Embaixadas dos Países da Comunidade dos Países
de Língua Portuguesa (CPLP) com representação diplomática no Brasil – Angola, Cabo
Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal e Timor-Leste, em
colaboração com o Secretariado Executivo da CPLP, o Governo do Distrito Federal, a
Unesco no Brasil e o Camões- Centro Cultural Português em Brasília reuniram oito textos,
maioritariamente inéditos e ilustrados, em uma publicação infanto-juvenil dedicada à
capital brasileira, intitulada “Sonhar Brasília”.
Dedicada ao público infanto-juvenil, a publicação reúne textos de João de Melo (Angola),
Conceição Freitas (Brasil), Vera Duarte (Cabo Verde), Jorge Luís Mendes (Guiné-Bissau),
Bienvenido Ebang Otogo Obono (Guiné Equatorial), Mia Couto (Moçambique), José Luís
Peixoto (Portugal) e Tino Freitas (Brasil/Timor-Leste) e de ilustrações de Nelo Tumbula

(Angola), Toninho Euzébio (Brasil), Davide Luís Mendes (Guiné Bissau), Daniel Esteves
Moreira (Portugal) e Mariano da Santa Cruz (Timor-Leste).
O livro será lançado em evento digital, no dia 05 de maio de 2021, às 15h00 (horário de
Brasília), no canal YouTube UNESCO/Português, com retransmissão em direto pelo portal
da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.
Participam na sessão de abertura desta publicação conjunta a Diretora e Representante
da UNESCO no Brasil, Marlova Noleto, o Secretário Executivo da CPLP, Embaixador
Francisco Ribeiro Telles, o Embaixador de Cabo Verde no Brasil, José Pedro Máximo
Chantre D’Oliveira, e a Chefe do Escritório de Assuntos Internacionais do Governo do
Distrito Federal, Renata Zuquim.
Seguem-se testemunhos dos autores e ilustradores que participam nesta publicação. A
sessão será mediada pela Jornalista Nahima Maciel.
SONHAR BRASÍLIA representa a diversidade linguística e cultural da Língua Portuguesa,
com cerca de 260 milhões de falantes no mundo. Como se decolasse o avião desenhado
por Lúcio Costa, o livro é um convite aos jovens leitores para uma viagem a bordo da
Língua Portuguesa, na sua diversidade e riqueza de olhares sobre a também diversa e
plural capital brasileira. Repto que José Luís Peixoto explicita no final do seu texto,
intitulado “Ler a cidade”:
“Tu
A cidade és tu. Sim, a cidade és tu.
E, agora que chegaste aqui, o texto também és tu.”
Concebido em 2020, o livro destina-se aos alunos de escolas públicas do Distrito Federal.
A distribuição é gratuita e será realizada assim que a situação sanitária o permitir. ∎

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui