Cerveja: como degustar essa bebida “adorada” por portugueses e brasileiros?

Data internacional da bebida celebrada no mundo nas primeiras sextas-feiras do mês de agosto

0
55
Conheça curiosidades sobre a bebida
- Publicidade -

Em 2020, o dia 07 de agosto é a data em que se celebra o Dia Mundial da Cerveja, uma das bebidas mais populares do mundo. No Brasil e em Portugal, as versões artesanais – com os seus diversos estilos, modelos ousados de produções e misturas cada vez mais interessantes de ingredientes – ganham todos os anos maior espaço e notoriedade nos mercados e nos copos dos “cervejeiros”.

Para celebrar essa bebida tão amada nos dois países, veja abaixo algumas curiosidades:

– “cerveja estupidamente gelada prejudica a degustação”

No Brasil, o clima quente acostumou as pessoas a consumirem cerveja muito gelada. Isso torna os aromas da bebida menos voláteis e, por isso, menos perceptíveis. Além disso, esse hábito amortece as papilas gustativas, nos impossibilitando de sentir nuances importantes no momento da degustação.

– “a lata é mais sustentável do que o vidro”

A consultoria internacional de sustentabilidade Resource Recycling Systems constatou que a lata de alumínio é a embalagem mais sustentável e com maior índice de reciclagem do mundo – 69%, contra 43% do PET e 46% do vidro. O alumínio também costuma manter a cerveja mais fresca, conservando as características da bebida por mais tempo.

– “cerveja combina com o frio – tanto quanto o vinho”

Associamos muito o frio com o vinho, mas existem estilos de cervejas complexos, encorpados e de alta graduação alcoólica que são perfeitos para o outono/inverno. Alguns exemplos trazem na receita, inclusive, ingredientes como café, chocolate, frutas típicas em climas frios, entre outros ingredientes.

– “a combinação de cervejas e queijos é maravilhosa”
Apesar de o vinho ser visto como complementar ideal de queijos, também nesse papel a cerveja tem um grande desempenho. Existem inúmeros estilos de cervejas e alguns deles trazem grande complexidade, o que torna a brincadeira de harmonizá-los com os queijos muito interessante. Além disso, a carbonatação da cerveja entra como agente de limpeza das papilas gustativas, algo muito útil na combinação com queijos gordurosos. Para quem não está iniciado no universo dessas harmonizações, o ideal é pensar de forma bem básica: queijos mais leves com cervejas mais leves; queijos pesados, gordurosos, duros e cascudos combinando com cervejas mais fortes. Procure degustar primeiro o queijo e depois a cerveja.
– “cerveja e charuto também formam um par perfeito”
No caso do charuto, ao contrário, o ideal é saborear a cerveja antes de baforar no charuto e fazer essa combinação lentamente, sem pressa. Em geral, a combinação é feita por semelhança e de forma que os sabores se complementem, embora não seja incomum a combinação por contraste. Para facilitar, aqui vão algumas dicas:

• charutos leves combinam com cervejas leves, mas que possuam alguma intensidade ou elementos de harmonização;

• charutos mais robustos e intensos combinam com bebidas de igual personalidade;

• sours envelhecidas em barris de carvalho trazem uma acidez que limpa o paladar. Notas da levedura selvagem brettanomyces também combinam bem;

• a harmonização com uma cerveja envelhecida em carvalho traz um terceiro sabor, tornando tudo mais complexo e ainda mais interessante.
– “existem cervejas escuras que são perfeitas para serem degustadas nos dias mais quentes”

Costuma-se associar cervejas escuras aos dias frios, mas, como já vimos acima, são outras características que vão ditar isso, e não a coloração. Entram na análise o corpo da cerveja, o teor alcoólico, a complexidade. Existem cervejas claras que trazem sensação de aconchego nos dias frios e cervejas escuras leves que são perfeitas para as estações mais quentes.

– “o copo influencia no momento da degustação”
A taça ou copo em que se coloca a cerveja pode influenciar, inclusive, na retenção de espuma da cerveja e nos aromas que sentimos ao degustá-la. ■
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui